GDs

Grupos de Discussão (GDs) para o FORPET 2019 :

  • Petianos e intercambio (respaldo institucional):

         O Programa de Educação Tutorial tem como majoritária importância, a melhoria dos alunos no campo profissional além das paredes das salas de aula através da tríade – Ensino, Pesquisa, Extensão.  Contudo, é importante frisar que o programa não supre todas as necessidades singulares dos membros, uma vez que são pessoas diferentes com objetivos diferentes na qual, segundo a proposta do programa, devem ter melhoria nos seus âmbitos acadêmicos e profissionais.  Portanto, é comum a atuação de petianos em grupos de pesquisa, empresas Junior, estágio e afins, buscando diversificar o currículo dos estudantes e proporcionando distintas experiências que podem agregar no seu conhecimento pessoal, sendo refletido no profissional formado e aumentando a qualidade deste profissional. O intercâmbio é uma das formas que os alunos têm como oportunidade de um grande desenvolvimento, além de poder contribuir com o grupo de outras formas, desenvolvendo projetos, seja ele de Ensino, Pesquisa ou Extensão à distância. No entanto, o Programa de Educação Tutorial não apresenta nenhum mecanismo a ser aplicado nessa modalidade, não havendo apoio ao discente nesses casos. A partir disso, propomos a este Grupo de Discussão um debate sobre o que pode ser feito nesses casos e se há mecanismos que são aplicáveis para que os alunos tenham a oportunidade de se desenvolver tendo um bom aproveitamento do Programa e da oportunidade de estudar em outro lugar.

  • Atualização do manual de orientações básicas:

         O manual do Programa de Educação Tutorial é o conjunto de regras para os grupos Programa de Educação Tutorial. Contudo, há lacunas a respeito de determinados assuntos que permitem diferentes interpretações e acabam por desencadear diversos problemas no que tange as regras de seleção, intercâmbio, desligamento e outros. Tais lacunas trazem a problemática da heterogeneização das regras nos grupos. Portanto, é de vital congruência a revisão do manual para devidas alterações que vão homogeneizar os parâmetros do PET melhorando para todos os grupos a aplicabilidade das regras e, por consequência, melhorando o desenvolvimento dos grupos.

  • Elaboração, atuação e planejamento de mecanismos que busquem a visibilidade dos grupos dentro e fora das Universidades (política e social) – Integração/Projetos:

         Um dos objetivos do Programa de Educação Tutorial é promover mudanças nas Instituições de Ensino Superior (IES), na comunidade e na vida dos petianos(as). Estão previstas no Manual de Orientações Básicas (MOB). Os deveres atribuídos poder ser vistos como: político, sociocultural, acadêmico, administrativo, educativo, de desenvolvimento sustentável, tecnológico, com a saúde coletiva e inclusão. Cada grupo exerce de forma única as atividades e projetos que foram propostos em seu planejamento anual e, por vezes, enfrentam dificuldades para alcançar visibilidade dentro dos cursos de graduação e à sociedade. Este fator acaba sendo prejudicial ao Programa a ponto de questionarem sua relevância e importância no desenvolvimento dos participantes, dos cursos, das IES e do meio externo à Universidade. Diante do que foi exposto, este Grupo de Discussão tem a função de debater entre si acerca de formas de promover mecanismos que busquem a visibilidade dos grupos dentro e fora das Universidades, relacionadas as atividades de cada grupo, além de compartilhar experiências interdisciplinares e problemas relacionados, bem como um espaço para compartilhar formas de condução de projetos que envolvam mais de um grupo PET.

  • Financiamentos institucionais para funcionalidade mais adequada dos grupos (Tutor):

         Ao início do ano, os grupos PET planejam suas ações de acordo com o modelo de planejamento estabelecido pelo Ministério da Educação e ao longo do ano desenvolvem suas atividades. Para financiar tais projetos, o MEC disponibiliza a alguns grupos uma quantia que corresponde ao dobro da somatória do valor da bolsa e da quantidade de alunos bolsistas, paga em duas parcelas,  junto a critérios para o gasto deste recurso. No entanto, com a diminuição do recurso destinado à Educação, alguns grupos tem deixado de receber o recurso. Muitas atividades dos grupos dependem não só deste recurso, mas de outros como transporte, alimentação e estadia em alguns casos de atividades pontuais. Constatada esta problemática, propomos aos tutores participantes deste Fórum debater acerca de alternativas dentro e fora das instituições para tentar conter questões estruturais, logísticos e funcionais para que as atividades não sejam comprometidas e sigam se desenvolvendo para o aprimoramento do Ensino, da pesquisa e da extensão nos grupos e nos cursos de graduação através do Programa de Educação Tutorial.

Adicione seu comentário

Leave a Reply